Vender a tradicional feijoada ou preservar a cultura?

August 21, 2017

A mucama era dedicada aos serviços da fazenda, realizava tudo com muita dedicação, estava na lida desde o raiar do sol, esta lida era maçante, no decorrer de seu dia ainda passava pelas massagens em sua pele escura quando algo não estava do agrado de sinhazinha, no decorrer dos anos mucama ouvia dos seus — Não deixe nosso sinhô  zangado, pois todos sofremos com sua atitude.

Como descrição de suas atividades estava o alívio das perversões do sinhô, aumentando a população do engenho e a produtividade nas terras, vigiadas pelo capitão do mato.

Mucama estava cansada daquela vida de sofrimento, sua vida se definia em serviços ultrajantes e resultados obtidos pela economia através de boletos de nove meses de gestação.

A criada resolveu estudar, buscar conhecimento e com a chegada da libertação dos escravizados, iniciou uma nova jornada, se arremetendo aos princípios de novos objetivos, com maior significância para sua estadia neste plano.

Com a busca pelo saber a preta usada lançou-se a desbravar novas descobertas, nesta peregrinação, encontrou  significado em tornar-se empreendedora.

Quando discorreu com os seus a respeito de seus objetivos futuros a serem realizados a partir de hoje, logo foi questionada, se iria manter a tradição, a cultura e empreenderia na área de gastronomia trazendo a feijoada como prato principal do seu negócio.

A preta logo se arremeteu ao tratamento especial que recebia na casa grande ao se equivocar no preparo do prato.

Como tinha contato com outros frequentadores da casa, foi contar para estas pessoas sua nova visão sobre a vida. Ao externar suas ideias de imediato foi interpelada se prepararia a feijoada igual sinhá sempre preferia.

Pensativa a respeito das interpretações das pessoas que ela supunha que se interessavam pelo seu desenvolvimento, mucama resolveu seguir seu coração, pois já conhecia a tradição e a cultura.

Hoje mucama é empreendedora de sucesso, nunca mais teve que se arremeter aos mandos e desmandos, aos maus tratos da época, hoje seus boletos de crédito são compensados em trinta dias e não deixou de conhecer a cultura e tradição.

 

 

Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Em Destaque
Posts Recentes

February 1, 2018

November 20, 2017

Please reload

Siga
  • Google+ Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Consultoria estratégica. Orgulhosamente criado por Wix.com